FAQ: Estar na frequência correta é suficiente para que um conjunto acústico funcione bem? Sr. B.S.

Os pilares do desempenho de conjuntos acústicos são a frequência e o fator de qualidade mecânico Qm.

Estar sintonizado na frequência correta é uma condição necessária, mas não suficiente para que um conjunto acústico funcione bem. Além da sintonia da frequência, também é necessário um Qm alto para que o conjunto acústico opere de forma eficiente e sem aquecimento. A amplitude da vibração também é diretamente proporcional ao fator de qualidade mecânico (Qm). A frequência e o fator de qualidade mecânicos são os dois pilares do desempenho do conjunto acústico, como ilustrado na imagem.

Cada elemento do conjunto acústico (conversor, booster e sonotrodo) é semelhante a um filtro passa-banda com sua frequência característica e fator Q. Se você combinar um filtro de 20,5 kHz com um de 19,5 kHz, a frequência média será de 20 kHz, mas o fator de qualidade será muito baixo devido à incompatibilidade de frequência, não importa quão bom sejam os elementos individualmente. Quando você combina um sonotrodo ultrassônico com frequência muito alta e um conversor com frequência muito baixa, você pode ter um conjunto acústico na frequência correta por causa da média, mas o Qm e, consequentemente, o desempenho e amplitude serão inevitavelmente baixos.

Aprenda mais sobre o teste de conjuntos acústicos e seus elementos.