FAQ: Quando eu testo um conjunto acústico (Conversor+Booster+Sonotrodo), obtenho um determinado valor Qm com uma varredura de frequência entre 18,2 kHz - 21,8 kHz com 200 pontos. Quando seleciono personalizar e varrer a mesma região com 500 pontos, obtenho um valor Qm muito mais alto. Se aquele com 200 pontos é 2.000, então aquele com 500 pontos de é cerca de 7.000. Qual é o verdadeiro e por que há uma diferença? Sr. F.D.

Quanto maior a resolução, mais preciso o valor de Qm medido. A resolução é proporcional ao número de pontos e inversamente proporcional à faixa de frequência. A dependência da precisão do Qm em relação à resolução aumenta com o Qm, é quase imperceptível ao testar os conversores sozinhos, mas é alta para conjuntos acústicos completos, especialmente quando sonotrodos de grande porte e compostos estão envolvidos.

Existe um compromisso inevitável entre a resolução e da duração da medição, não é possível ter alta resolução, ampla faixa de frequência e velocidade ao mesmo tempo. Como na maioria das vezes os usuários típicos do Analisador TRZ estão sintonizando sonotrodos e solucionando problemas de conjuntos acústicos, ajustamos as predefinições do Software TRZ para minimizar o tempo de medição tanto quanto possível e essa abordagem tem como efeito colateral a adição de erro sistemático a altos valores Qm. Para casos específicos, por exemplo, para otimizar o ponto nodal de sonotrodos alados, é aconselhável aumentar o número de pontos de medição e/ou reduzir a faixa de frequência para aumentar a precisão Qm como você fez. Para sintonias gerais de sonotrodos e solução de problemas, o erro sistemático Qm não é um problema.

Aprenda mais sobre o teste de conjuntos acústicos e seus elementos.